Subscribe

RSS Feed (xml)

Powered By

Skin Design:
Free Blogger Skins

Powered by Blogger

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Drives

DRIVE - Refere-se às aptidões intrínsecas ou aprendidas dos diversos componentes psicológicos e sensoriais para realização para as diversas modalidades de trabalho. Relaciona-se à vontade, à disposição, bem como à tendência de cada cão para as qualificações inerentes ao trabalho. “Drive” é uma palavra inglesa que, entre outros significados, compreende “guiar”, “conduzir”, mas também “impulso”. É utilizada na cinofilia porque os drives podem ser modulados através do treinamento, muito embora a tendência genética seja a variável de importância fundamental. Os Drives subdividem-se basicamente em: DRIVE DEFESA, DRIVE DE DOMINÂNCIA, DRIVE DE FARO, DRIVE DE RAPINA e DRIVE POR ISCA, sendo os drives de rapina e de defesa os principais.
PRONÚNCIA: dráive.
Vide também: INTENSIDADE DE DRIVE e NÍVEL DE DRIVE.

DRIVE DE CAÇA - Não se refere, como pode aparentar à primeira vista, à caça de animais, mas à disposição de ir até o figurante ou o objeto de treino, em persegui-lo, atacá-lo. Vide: DRIVE e DRIVE DE RAPINA.

DRIVE DE DEFESA - Disposição que tem o cão em defender seu território, seu dono e a si mesmo da aproximação de terceiros (via de regra, estranhos). Pode se subdividir em: DEFESA DE TERRITÓRIO, DEFESA DO DONO, DEFESA DE FAMILIAR, DEFESA PRÓPRIA, DEFESA DE OBJETO, DEFESA DO ALIMENTO, DEFESA DA PROLE.

DRIVE DE LUTA - Termo usado pela escola americana de adestramento, definido por alguns como a união dos Drives de Rapina e Defesa. Pode também ser considerado como o amadurecimento do Drive de Rapina, no qual o animal ataca movido pelo Drive de Rapina, mas usa características de Defesa em seu ataque, objetivando mais ferir do que segurar a presa. Equivale, no predador, à sua disposição de atacar presas que revidarão e lutarão com energia.

LEMBREM-SE: OBEDIÊNCIA NÃO É DRIVE
"DRIVE" DE OBEDIÊNCIA - A obediência não é conceitualmente um drive, podendo ser definida como um paradrive. Disposição e capacidade do cão em obedecer ao dono ou adestrador. Embora, possa o cão ser condicionado a tal ponto que chegue a vir a ter impulso de obedecer (no caso da obediência ativa), em verdade, a obediência, mesmo nesse caso, não é um impulso oriundo dos instintos básicos. Por isso não cabe dentro do conceito clássico de drive. Quanto à obediência interruptiva ou à obediência passiva, podemos dizer que são antagônicas aos impulsos. Ou seja, dependem da capacidade de dominar impulsos. Mas, tanto em um caso como em outro, podemos considerá-la e manipulá-la de forma análoga aos drives. No caso da obediência ativa ser obtida através da formatação de imprintings conseguidos por estímulos positivos, pode haver realmente impulso do cão em obedecer, o que não conceitua, no entanto, a obediência como um drive. Vide: OBEDIÊNCIA, OBEDIÊNCIA ATIVA, OBEDIÊNCIA INTERRUPTIVA, OBEDIÊNCIA PASSIVA e PARADRIVE.

NÍVEL DE DRIVE – O termo aplica-se mais ao drive de rapina. Um mesmo drive pode ter diferentes categorias (ou níveis), motivadas por estímulos diversos. O drive de rapina, por exemplo, não é o mesmo para um cão que busca uma bolinha e para o cão que busca com disposição enfrentar de forma violenta um figurante. Ao primeiro nível retro exemplificado, chama-se Fair Play, e ao último, Fair Fight. Há um nível intermediário, ao qual se chama de Fair Game. Nem sempre um cão com alta Intensidade em um nível de drive, a terá proporcionalmente em outro nível deste mesmo drive.
Os motivos disso são:
(1) os estímulos são diversos, isto é, não é a mesma motivação que leva perseguir uma borboleta e enfrentar um figurante bem disposto.
(2) No fair play, não há qualquer revide da presa. Muitos cães têm disposição seletiva, isto é, apresentam disposição de perseguir apenas presas que não revidem ou que sejam pequenas, etc. Com outros, ocorre o oposto: o cão só apresenta um drive razoável já no Fair Game ou mesmo só a partir do Fair Fight. Tal fato ocorre por influência da psique de cada animal, bem como da Índole de cada raça. A compreensão de que cada drive não é uma única entidade é de fundamental importância. Principalmente, quando se trata do drive de rapina. Vide:DRIVE, DRIVE DE RAPINA, FAIR FIGHT, FAIR GAME, FAIR PLAY, ÍNDOLE e INTENSIDADE DE DRIVE.

INTENSIDADE DE DRIVE – A intensidade do drive significa o volume um determinado drive em um determinado nível. O termo se aplica mais ao drive de rapina. Sabemos que os níveis do drive de rapina são: fair play, fair game e fair fight. Mas, um cão poderá ter intensidades diferentes em cada um desses drives. Exemplificando, um cão pode ter altíssimo drive de rapina no fair play (correr atrás de uma bolinha com vontade impressionante), mas não ter capacidade de chegar ao fair fight ou mesmo no fair game. Já outro cão poderá não se interessar por perseguir bolinhas, e seu interesse só começar a se despertar ao perseguir figurantes humanos. Ver: DRIVE, DRIVE DE RAPINA, FAIR FIGHT, FAIR GAME, FAIR PLAY e NÍVEL DE DRIVE.

Leitura auxiliar:

Fair Play: um filhote de leão que persegue uma borboleta ou brinca com a cauda da mãe. Tipo de mordida: "boca mole", mordida sem força, quase sempre com a parte da frente da boca, às vezes com a "boca cheia". Visa não machucar o oponente. Nenhuma, ou quase nenhuma, alteração nos níveis adrenérgicos.

Fair Game: uma leoa que persegue e abate um filhote de antílope. Notem que houve aumento substancial do nível do esforço e da tensão empregada com conseqüente e moderado aumento dos níveis dopaminérgicos. Tipo de mordida: "boca cheia" é a mais comum, mas com força. Visa impedir que a presa fuja. Quantos mais dentes a segurarem, mais difícil será dela escapar.

Fair Fight: uma leoa que ataca uma búfala e encontra resistência severa, mas não desiste. Observem o incremento do fator reação e o maior esforço exigido ao predador, não só de correr, mas de submeter o animal. Tipo de mordida: boca cheia e circunstancialmente caninos, com força e determinação. Visa abater presa grande através de ferimentos profundos ou sufocá-la apertando-a na traquéia. Os níveis dopaminérgicos se elevam, junto com um aumento não tão importante das demais catecolaminas, e aumentam a resistência à dor, a força, a agilidade e os reflexos.

Luta (é sutil a diferença): neste caso a búfala reage com tal rigor e eficiência que fere ou ameaça com relevância a leoa. Existe certo equilíbrio no combate. No tipo de mordida aumenta a predominância dos caninos. A intenção do predador é de ferir a presa e não simplesmente de segurá-la. As mordidas tendem a ser mais dilacerantes com sacolejos vigorosos. Os níveis dopaminérgicos se mantêm, mas os percentuais de noradrenalina e adrenalina começam a aumentar de forma mais significante. A resistência à dor, a força, a agilidade e os reflexos pouco - ou nada, aumentam, pois já haviam chegado a um nível máximo – ou quase - no fair fight. Mas, as mordidas tornam-se ainda mais fortes, mais raivosas.

Leia Mais…

V SEMINARIO DA RAÇA DOGUE BRASILEIRO

Data:quinta-feira, 11 de junho de 2009
Hora:09:00
Local:Sitio Tropical - Rio de Janeiro/RJ
Cidade:Rio de JaneiroDetalhes:Local do EventoSítio TropicalSítio para Festa, Eventos e TemporadaTravessa Barbosa , n° 6 - Sepetiba
Contato do Sitio: (21) 2452-2776 (Tel/Fax) / (21) 3185-1180 / (21) 9639-3642De 11/06/2009 à 14/06/2009
Inscrições e informações para evento:Leonardo Mello
e-mail:
leonardo@canilguardabrasileira.com.br
Leonardo Mello
Tel:(21) 3317-4309 Cel:(21) 8822-2540

Leia Mais…

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Ninhadas





Digite aqui o resto do post

Canil Monte Olimpo confirmou a ninhada de Ísis do Bull Boxer *o/*a/*e para 30/06/09 com previsão para 8 a 10 filhotes.
Já estamos aceitando reservas.
despachamos os filhotes para todo o território nacional.

Leia Mais…

Cão do Mês


Canil Tasgard
Caxias do Sul - RS

Leia Mais…

GABARITO DO CURSO - PROVA 1 e 2

PERGUNTA 0001

O que significa um cão ficar com a cauda baixa antes de ataque, enquanto contido na guia? Notem para o detalhe "enquanto está contido pela guia". Ele pode ser a razão da cauda baixa.Cauda baixa pode ser também sinal de medo ou submissão. Mas, pode ser simplesmente contrariedade pelo cão estar limitado pela guia antes do ataque. Temos que analisar outros fatores. Cauda baixa somente não diz muito.Um cão que tensiona a guia em direção ao oponente, que tem olhos fixos nele, cujas orelhas estão eretas e direcionadas a ele quase que certamente está contraiado pelo condutor que o retém para o ataque.Um cão que coloca as orelhas para trás, que não olha tão fixamente (isso é relativo), que rosna, evita o olhar, com certeza está com medo.Uma maneira quase que infalível para distingüir é soltar o cão em direção do figurante, caso isso seja possível. Solto, a cauda se elevará até o nível paralelo ao solo enquanto parte em direção ao figurante e se elevará erguida assim que o abocanha, indicando boa rapina.Não se faz necessário respostas tão longas. Quem respondeu apenas CONTRARIEDADE, estaria certo, porque dissemos "antes do ataque", o que indica que o cão irá atacar (poderia não ser em rapina, mas a maioria entendeu o espírito da coisa, pois o assunto havia sido discutido recentemente em outro tópico).Eu deveria ter especificado ataque lançado, o que retiraria as dúvidas.
PERGUNTA 0002
O que significa um cão atacar, em ataque lançado, lentamente e com a cauda paralela ao solo? Ataque pantera, essa resposta bastaria.
Vejam sobre Pantera:
ATAQUE PANTERA: O termo mais correto seria "ataque felino", pois todos felinos agem de tal forma no ataque, não exclusivamente as panteras. Mas, foi chamado assim na primeira vez que foi visto pelos primeiros criadores de dogue brasileiro e muito impressionou. Em verdade, já havia, o autor visto em bull terriers e já usava essa expressão. Era o ataque típico da sua cadela Gaia of Romany Storm, uma bull terrier. É comum dos melhores cães. Em caso de dúvida entre a qualidade de dois cães, devemos escolher sempre o que demonstra tal característica sem medo de errar.O ataque pantera é indício seguro de um drive de caça de excelente qualidade. É a excelência na rapina.Na vida selvagem, os predadores eriçam seus pêlos; ficam na ponta dos pés; rosnam ou emitem sons graves para mimetizar maior tamanho e espantar seus inimigos. São demonstrações de desejo que o inimigo fuja e cause alívio ao animal. Esses mesmos predadores não eriçam seus pêlos; diminuem suas silhuetas andando abaixados - quase rastejando; não rosnam e procuram ser os menos ruidosos o quanto possível; seus olhos ficam fixos, como os de um gato a espreitar sua pequena presa, quando estão em postura de caça.Um cão que ataca assim não deseja espantar o intruso, mas o vê como sua presa.
PERGUNTA 0003
O que significa um cão ficar de cauda baixa, rosnar durante uma provocação importante do figurante?
Medo. Medo associado a algum grau de defesa. Só isso seria a resposta.O rosnado demonstra que a defesa está presente. A cauda baixa, junto ao rosnado, comprova o medo.Como vêem, a cauda baixa pode significar coisas diametralmente opostas. Deve-se ter em mente que um sinal sozinho pode não significar nada. Os sinais devem ser analisados em conjunto.
PERGUNTA 0004
A CADELA ESTAVA EM CAÇA OU EM DEFESA?
Caça. Somente essa é a resposta.
PERGUNTA 0005
CITE DOIS MOTIVOS PARA EXPLICAR A RESPOSTA ACIMA.
1) A cadela correu diretamente para o figurante e estava bem focada nele.
2) A cadela ficou com a cauda ereta durante a pegada.
PERGUNTA 0006
ELA FOI BEM ATÉ ONDE ESTAVA O FIGURANTE E POR QUE?
Sim, foi bem.Porque foi em linha reta e não vacilou. Foi focada no figurante.
PERGUNTA 0007
POR QUE VOCÊ ACHA QUE ELA NÃO MORDEU BEM DE INÍCIO?
A resposta está acima: "A CADELA ERA NOVA E INEXPERIENTE". Essa é uma das respostas.Se eu não desse essa informação não haveria como dar tal resposta.Foi também respondido que o figurante levantou o braço e atrapalhou a cadela. Está certo. Aconteceu.Mas, na cinofilia efetiva, não pode haver aquela desculpa de que o figurante atrapalhou o cão. Ainda que atrapalhe, o cão deve superar o problema. Ela demorou um pouco e superou. Mas, demorou um pouco, pois nunca havia feito manga. Somente lingüiça.Sempre digo: "Cachorro ruim precisa de um bom figurante. Cachorro bom trabalha bem com qualquer cobaia".
PERGUTNA 0008
POR QUE ELA SOLTOU? (olhe bem o vídeo, veja detalhes)Aí, houve prejuízo da resposta. E isso é bom, pois um árbitro deve estar preparado para o imponderável.Eu mandei o figurante soltar, e muitos entenderam que eu comandara a cadela soltar.Então, quem respondeu: "Porque o condutor mandou" não errou. Isso porque não foi informado que a cadela não sabia e ainda não sabe o que é "SOLTA".A resposta, no entanto, para quem soubesse disso, seria por que ela não suportou a pressão psicológica. A ameaça sobre os olhos com o bastão.
PERGUNTA 0009
VOCÊ APROVARIA ESSA CADELA EM RELAÇÃO À FORMA COMO ELA SE DIRIGE AO FIGURANTE E POR QUE? (sem explicar muito)
Sim. Porque ela foi firme, direto e decidida.
PERGUNTA 0010
E EM RELAÇÃO À MORDIDA E POR QUE? (idem)
Sim. Ela não pegou de boca cheia, mas firmou bem as quatro presas.Se alguém não aprovasse por exigir uma pegada mais firme (mas que não fosse necessariamente de boca cheia) não estaria totalmente errado. A pegada foi limítrofe. Tanto poderia ser considerada boa como insuficiente, conforme cada árbitro.
PERGUNTA 0011
E EM RELAÇÃO AO TEMPO DE SOLTAR A MANGA E POR QUE? (idem)
Ela estourou o tempo. Levou 4 segundos. Não seria aprovada.
PERGUNTA 0012
E QUANTO À FORMA DE COMO ELA SOLTOU A MANGA. VOCÊ ACHA VÁLIDO E POR QUE? (agora, cabe explicar direitinho)
O condutor precisou pisar na manga para que a cadela optasse pela manga ou pelo figurante. Em linguagem técnica, pela falsa caça ou pela caça verdadeira.Ela optou pela caça verdadeira. Portanto, é válido.Agora, vamos explicar o seguinte: quando realizamos a Prova *A*, usamos força máxima de bastão. Isso aumenta a raiva e a defesa da cadela (não confundam defesa com defesa-fuga, pelo amor de Deus).A raiva produz uma necessidade de ser direcionada. A impossibilidade de atingir o figurante faz com que a cadela dirija sua raiva à falsa caça.Em uma prova com alta exigência de bastão é compreensível que os cães custem bem mais a soltar a falsa caça. O artifício de pisar na manga faz com que o cão faça a sua opção. Se ele for em direção ao figurante, é lógico que tomou a decisão certa.Lembrem-se que a Prova *A* está muito longe de ser esportiva. É apenas uma prova de desprezo ou insensibilidade à dor. Pretendemos incluir também pressão psicológica, o que seria dispensável, em cães que suportam pressão máxima de bastão. Talvez opcionalmente. Vamos ver. Uma ameaça não deve assustar mais do que a concretização do ato. Mas, é válido, até para que não apontem isso como falha. Não custa nada. É puro condicionamento.É pela razão da resposta dessa pergunta que somente usamos potência máxima na Prova *A* e nunca mais. Nas, demais provas o uso do bastão está limitado à 70% da potência máxima. O uso sistemático de potência máxima inviabilizaria certos aprendizados e provas mais elaboradas.Por isso que *A* é pré-requisto para as demais provas.
PERGUNTA 0013
E NO ÚLTIMO VÍDEO, A CADELA SERIA APROVADA QUANTO AOS TOQUES DE BASTÃO? Sim. Falaremos sobre isso com mais detalhamento nas próximas respostas.
Sobre o vídeo 003
PERGUNTA 0014: o cão suportou bem as varadas para passar na prova? Por quê (sobre quantidade e vigor)?Sim, o cão suportou bem as varadas. A regra diz: "uma varada leve, seguida de três médias e de mais três com força máxima". As varadas importantes são as três últimas. As demais visam facilitar a prova para o cão. E visam principalmente evitar que um cão despreparado venha ser severamente traumatizado.Ir direto às três varadas mais fortes é fazer o mais difícil. Seria um non sense reprovar o cão que faz o mais difícil.
PERGUNTA 0015: a mordida foi satisfatória para esse mesmo mister? Por quê?Sim. Pegou bem com as presas e, ainda, sacolejou.
PERGUNTA 0016: o cão soltou a manga em tempo hábil? Por quê (qual o tempo mínimo?)?Sim. Aprendam a congelar o vídeo no momento que o figurante larga e no momento que o cão solta e fazer a subtração dos segundos. Eu contei 2 segundos. O máximo é 3.
PERGUNTA 0017: o cão deveria ser aprovado e receber o Título?Sim.
PERGUTNA 0018: o cão nasceu em 19/03/2208, e a prova foi sábado passado. Em caso dele ser aprovado, e pela prova que vocês viram, qual o título que deveria receber? Título *A* (pela idade e pela prova que está fazendo).
PERGUNTA 0018-b: o cão suportou bem as varadas para passar na prova? Por quê (sobre quantidade e vigor)?Não. A força foi insuficiente. Estão longe de ser nível máximo. Longe de ser uma prova para DB.
PERGUNTA 0019: a mordida foi satisfatória para esse mesmo mister? Por quê?A mordida foi muito boa. O cão pegou com firmeza e sacolejou.
PERGUNTA 0020: o cão soltou a manga em tempo hábil? Por quê (qual o tempo mínimo?)?Sim, soltou em exatamente 3 segundos, o tempo máximo (não mínimo).
PERGUNTA 0021: o cão deveria ser aprovado e receber o Título?Não. Por falta de força na vara.
PERGUNTA 0022: afinal, é um cão ou uma cadela (esta todo mundo tem que acertar)?Cadela. Cuidado que o Ronaldinho se confundiu de modo meio parecido.
Comparem os vídeos 003 e 004 no que tange às formas de soltar e respondam:
PERGUNTA 0023: explique o por quê (esta é a pergunta mais importante). Formulei mal a pergunta e muita gente se confundiu. Perguntei o por quê que o condutor se obrigou a pisar na manga para que o cão soltasse.A resposta está na ação do figurante. No primeiro vídeo, o figurante bate com mais força, aumenta a raiva do cão (aumenta a defesa também). O cão com mais raiva e com mais defesa tem mais gana. A gana faz que o cão - na impossibilidade de alcançar a caça verdadeira - canalize sua raiva para a falsa caça.Como a Prova *A* visa tão somente saber se o cão suporta o castigo em nível máximo e se continua focado no figurante, é válido que o condutor pise na manga, para que o cão tenha que optar entre ela e o figurante. Na medida que o cão demonstrou que o que interessa mesmo é a caça verdadeira, ele prova que está no foco correto. Manter a falsa caça segura é só uma forma de compensar o castigo severo sem que pudesse revidar. Por isso que focinheira de ataque deve ter mordente interno.A exigência em nível máximo de bastão, quase que impossibilita a evolução de um trabalho conjugado com obediência, em função de aumentar demais a gana do cão. Por isso, é que a prova *A* é somente uma prova de resistência e nada mais.Por isso, é que a prova *A* é pré-requisito para as demais. Pois, um cão que passe nas outras provas (nas quais seria inviável o uso pesado de bastão), deve primeiro mostrar capacidade efetiva na prova *A*.
PERGUNTA 0024: Qual a diferença entre um bom drive de defesa e a defesa beirando à fuga?Na defesa apoiada em altos drives de defesa, o cão mantém o olhar firme e decidido, as orelhas eretas, a cauda não vai estar baixa, não irá rosnar, nem arrepiar o pêlo em demasia.Na pré-fuga, o cão fará o inverso.A defesa real é uma atitude firme e talvez mais forte até do que a rapina. A defesa beirando a fuga, ou a pré-fuga (sinônimos), é uma atitude fraca. É um blefe. O cão joga, se o inimigo se amedontrar, ele cresce e pode até matá-lo. Mas, se o inimigo mantiver o nível de provocação, logo o cão irá fugir.
0027
PERGUNTA 0027:QUAL DOS CÃES DEMONSTROU MAIOR DRIVE DE DEFESA NO ATAQUE, O BRANCO OU O MALHADO?R: O CÃO MALHADO.
0028
PERGUNTA 0028: JUSTIFIQUE. ATRAVÉS DOS SINAIS QUE PODEM SER OBSERVADOS NO VÍDEO, SUA RESPOSTA.R: MAIOR TROCA DE MORDIDA, MAIOR SACOLEJAMENTO DAS MORDIDAS, MAIOR RAIVA NOTADA DURANTE O ATAQUE.
0029
PERGUNTA 0029:A DEFESA DEMONSTRADA PELO CÃO QUE MOSTROU MAIOR DRIVE DE DEFESA É UMA DEFESA BEIRANDO A FUGA? ESSE CÃO DÁ INDÍCIOS, QUE COM O AUMENTO DA PRESSÃO, VIRIA A FUGIR?R: NÃO. NÃO É UMA DEFESA BEIRANDO A FUGA, NEM O CÃO DÁ INDÍCIOS DE QUE IRÁ FUGIR CASO A PRESSÃO SEJA AUMENTADA.
0030
PERGUNTA 0030:COMO SE VERIAM TAIS SINAIS? QUAIS SÃO TAIS SINAIS? CAUDA BAIXA, ROSNADOS, MORDIDAS DADAS COM A PONTA DA BOCA (INCISIVOS), MORDISCADAS (MASTIGAR O MORDENTE), PÊLOS EXCESSIVAMENTE ARREPIADOS, ORELHAS PARA TRÁS
0031
PERGUNTA 0031:O TÍTULO DO VÍDEO 006 É: "DA FALSA CAÇA À CAÇA VERDADEIRA". QUAL O SIGNIFICADO DESTE TÍTULO? PROCURE JUSTIFICAR COM O QUE É VISTO NO REFERIDO VÍDEO.MUITO SIMPLES. O CÃO É PRIMEIRAMENTE INCENTIVADO A MORDER A LINGÜIÇA. ASSIM QUE ELE ESTÁ FIRME NA LINGÜIÇA, DEIXAMOS ELA COMO CAÇA MORTA E DAMOS VIDA À CAÇA VERDADEIRA, O FIGURANTE.DESDE O INÍCIO DO TREINAMENTO, JÁ PROCURAMOS DESLOCAR O FOCO DO CÃO PARA O FIGURANTE. ELE É A VERDADEIRA CAÇA.ESSE MÉTODO É NOVO. PELO MENOS PARA MIM.
0032
PERGUNTA 0032:QUAL O SENTIDO DE FICARMOS BATENDO GALÕES REPLETOS DE BRITA NA PROXIMIDADE DO FILHOTE ENQUANTO ELE MORDE A LINGÜIÇA? ACOSTUMÁ-LOS A ISSO GRADATIVAMENTE NO MOMENTO DA CAÇA. SE FIZERMOS ISSO NO CÃO EM DEFESA, PODE DAR REFUGO.SOCIALIZAR O CÃO COM TAL SITUAÇÃO, EM CINOFILÊS.
0033
RETORNANDO AO VÍDEO 005PERGUNTA 0033:
O CÃO MALHADO ESTAVA:
A) EM DEFESA;
B) EM CAÇA;
C) EM CAÇA ELEVADA;
D) EM LUTA;
E) TODAS AS RESPOSTAS ESTÃO CORRETAS.
RESPOSTA MAIS CERTA: LETRA E.
A MAIORIA RESPONDEU EM LUTA. ESTÁ CERTO. O CÃO ESTAVA EM LUTA.MAS, LUTA NÃO É A INTERAÇÃO ENTRE CAÇA E DEFESA? E CAÇA ALTA TAMBÉM NÃO É CAÇA? FOI UM PEGA RATÃO PARA TODOS PENSAREM BEM SOBRE O ASSUNTO.
0034
PERGUNTA 0034:JUSTIFIQUE A PERGUNTA ANTERIOR.
R: A LETRA E É A MAIS CORRETA PELAS EXPLICAÇÕES DADAS PARA A PERGUNTA ANTERIOR.MAS, COMO SABER QUE ELE ESTAVA EM LUTA? BOM: ELE MANTINHA A RAIVA, TROCAVA MORDIDAS, CHACOALHAVA BEM, O QUE É CARACTERÍSTICA DE DEFESA.MANTINHA A CAUDA ERETA E FOI COM DISPOSIÇÃO AO FIGURANTE, QUE É CARACTERÍSTICA DA RAPINA.NÃO TINHA QUALQUER SINAL DE PRÉ-FUGA, COMO CAUDA BAIXA, PÊLOS ARREPIADOS, ROSNAR, ETC
0035
PERGUNTA 0035: O QUE É DRIVE DE CAÇA?
É A DISPOSIÇÃO DE ATACAR, DE CAPTURAR A PRESA. DE FAZER ISSO COM ALEGRIA, COMO EM UM ESPORTE.
0036
PERGUNTA 0036: O QUE É DRIVE DE RAPINA?O MESMO QUE DRIVE DE CAÇA.
0037
PERGUNTA 0037: O QUE É DRIVE DE DEFESA?É A DISPOSIÇÃO DE SE DEFENDER QUEM LHE É CARO OU AO TERRITÓRIO, ATACANDO COM VIGOR E DETERMINAÇÃO.NADA A VER COM PRÉ-FUGA.
0038
PERGUNTA 0038: O QUE É DEFESA BEIRANDO A FUGA?É UMA DEMONSTRAÇÃO DE DEFESA (VEJAM, EU DISSE DEMONSTRAÇÃO) COM SINAIS CLAROS DE MEDO.É O BLEFE QUE O CÃO DÁ QUE ESTARÁ DISPOSTO A ATACAR COM TODO VIGOR, MESMO NÃO ESTANDO.ELE ROSNARÁ, MOSTRARÁ AS PRESAS, ARREPIARÁ OS PÊLOS, PARECERÁ AMEAÇADOR E PERIGOSO. MAS, FUGIRÁ LOGO A SEGUIR COM AUMENTO OU ATÉ COM A MANUTENÇÃO DA PROVOCAÇÃO.NA NATUREZA, ISSO FUNCIONA. RESOLVE A MAIORIA DAS PARADAS. É ÚTIL E NECESSÁRIO, POIS PRESERVA O INDIVÍDUOS DE DURAS LUTAS E O SALVA DE MUITOS FERIMENTOS.NUMA SITUAÇÃO NÃO ESPORTIVA OU DE TREINAMENTO, TOMEM CUIDADO COM CÃES ASSIM. ELE PODERÁ ATACAR E FERIR COM GRAVIDADE, E O INIMIGO SE APAVORAR MAIS DO QUE ELE. O CÃO, ENTÃO, CRESCERÁ E PODERÁ ABATER O INIMIGO, REVERTENDO O JOGO.
0039
PERGUNTA 0039: O QUE É, SEGUNDO FRAWLEY, DRIVE DE LUTA?É A INTEGRAÇÃO ENTRE RAPINA E DEFESA. A RAPINA CRESCERÁ E PERMITIRÁ QUE O FIGURANTE REVIDE COM MAIS VIGOR. ISSO IRÁ AUMENTAR A DEFESA DO CÃO. SE CRIARÁ, ASSIM, O QUE FRAWLEY CHAMA DE DRIVE DE LUTA.ELE SE DIFERE DA CAÇA INTENSA E EM ALTO NÍVEL PELA RAIVA, PELA DISPOSIÇÃO DE FERIR MAIS DO QUE DE CAPTURAR, PODERÁ HAVER TROCAS DE MORDIDAS E O CHACOLEJAMENTO É OBRIGATÓRIO (PODE HAVER NO FAIR GAME E NO FAIR FIGHT TAMBÉM).
0040
PERGUNTA 0040: UM ALTO DRIVE DE DEFESA É DESEJÁVEL EM UM CÃO E POR QUE?É CLARO QUE SIM.UM CÃO SEM DRIVE DE DEFESA NÃO PODE SER UM CÃO DE GUARDA COMPLETO. NÃO DEFENDERÁ TERRITÓRIO, PODERÁ SER ROUBADO.UM CÃO SEM DEFESA, POR MAIS QUE TENHA RAPINA, PODERÁ SER UM EXCELENTE CÃO DE ESPORTE OU ATÉ UM GUARDA PROTETOR. MAS, NUNCA SERÁ UM GUARDIÃO E NUNCA ATACARÁ COM MUITO VIGOR NAS MORDIDAS. FALTARÁ A NECESSÁRIA DOSE DE RAIVA.
PERGUNTA 0041: REFERENTE AO VÍDEO ACIMA, O CÃO MACHO ESTAVA EM QUAL ATITUDE (LUTA, PRE-FUGA, DEFESA OU RAPINA)?
R: LUTA
PERGUNTA 0042: VALE A MESMA PERGUNTA PARA A CADELA.
R: LUTA
PERGUNTA 0043: OS CÃES PASSARAM NA PROVA. ISSO É UM DADO. MAS, VOCÊ ACHA QUE ELES PASSARAM COM FOLGA OU DARIA ALGUM SENÃO (E QUAL? TEMPO, POSTURA, ETC.)?
R: NENHUM SENÃO A SER DADO
Sobre as questões 0041 e 0042:Observem a determinação e as mordidas sacolejantes, muito mais compatíveis com a luta do que com o fair fight. A troca de mordidas também é um fator mais de luta do que de fair fight.Dos cães acima o que estava mais nitidamente em luta foi a cadela.
PERGUNTA 0044: OBEDIÊNCIA NÃO É UM DRIVE, POIS NÃO ADVÉM DE UM IMPULSO BÁSICO. PODERIA A OBEDIÊNCIA SER CONSIDERADA UM PARADRIVE? JUSTIFIQUE.R: A OBEDIÊNCIA PODE SER CONSIDERADA UM PARADRIVE, NA MEDIDA QUE ATUA NO CONTROLE DOS DRIVES. ELA NÃO É UM DRIVE, MAS COMO INFLUI SOBRE O CONTROLE DELES E TABALHA AO LADO DELES, PODE SER CONSIDERADA UM PARADRIVE.MUITAS VEZES, PODE ATÉ GERAR UM ESTÍMULO A PARTIR DO TREINAMENTO COM ESTÍMULOS POSITIVOS. NÃO SERIA, AÍ, UM ESTÍMULO BÁSICO, MAS NÃO DEIXA DE SER UM IMPULSO.
PERGUNTA 0045: QUAIS SÃO OS NÍVEIS DO DRIVE DE RAPINA? EXPLIQUE CADA UM DELES.FAIR PLAY: É APENAS UMA BRINCADEIRA PARA O CÃO. ELE PERSEGUE A CAÇA SEM REALIZAR GRANDE ESFORÇO E SEM SE SUBMETER A QUALQUER ATO QUE POSSA VIR A SER CONSIDERADO POR ELE COMO UM CASTIGO.FAIR GAME: O CÃO PASSA A REALIZAR UM ESFORÇO QUE NÃO TERIA CONFORTO EM REALIZAR SE NÃO ESTIVESSE EM FAIR GAME. AINDA NÃO ESTÁ APTO A SUPORTAR UM CASTIGO DE IMPORTÂNCIA.FAIR FIGHT: O CÃO ESTÁ DISPOSTO E EM CONDIÇÕES DE SUPORTAR CASTIGOS DE IMPORTÂNCIA, SEM ENTRAR EM LUTA.LUTA: A DEFESA É INCORPORADA À RAPINA. O CÃO FICA RAIVOSO E TENDE MAIS A DESTRUIR DO QUE A APRESAR (PRENDER A PRESA).
PERGUNTA 0046: O QUE, AFINAL, SIGNIFICA NÍVEIS DE UM DRIVE?SÃO VARIAÇÕES QUALITATIVAS DENTRO DE UM MESMO DRIVE.
PERGUNTA 0047: O QUE SIGNIFICA INTENSIDADE DE UM DRIVE?SÃO VARIAÇÕES QUANTITATIVAS DENTRO DE UM MESMO NÍVEL DE DRIVE OU DENTRO DO DRIVE COMO UM TODO.
PERGUNTA 0048: UM CÃO PODE TER INTENSIDADES DIFERENTES EM NÍVEIS DIFERENTES DE UM DETERMINADO DRIVE? EXEMPLIFIQUE. SIM. EXEMPLO: UM CÃO PODE TER MUITA INTENSIDADE EM CORRER ATRÁS DE UMA BOLINHA, MAS NÃO TER INTERESSE EM LUTAR COM UM FIGURANTE COM TOQUE DE BASTÃO E MANGA. AO CONTRÁRIO, HÁ CÃES QUE SÓ SE INTERESSAM PELA RAPINA EM NÍVEL DE FAIR GAME OU DE FAIR FIGHT.
PERGUNTA 0049: SE ESSE VÍDEO FOSSE REFERENTE À ETAPA V DE RING BRASIL, QUANTOS PONTOS VOCÊ DARIA PARA O CÃO NESSA ETAPA? EXPLIQUE SUA PONTUAÇÃO.
PROVA VALE 25 PONTOSPERDE 5 PONTOS POR MORDER PREDOMINANTEMENTE COM OS INCISIVOSPERDE 5 PONTOS POR SE LIMITAR EM MORDIDAS ABAIXO DO COTOVELONÃO GANHA BÔNUS DE 5 PONTOS POR SACOLEJAR POUCO E MESMO QUE SACOLEJASSE BEM, NÃO GANHARIA POR NÃO PEGAR FIRME.25 - 5 - 5 + 0 = 15 PONTOS
PERGUNTA 0050: POR QUE A PROVA *A* CONSIDERA VÁLIDO O ARTIFÍCIO DO CONDUTOR PISAR NA MANGA DO CÃO PARA QUE ELE NÃO ESTOURE O TEMPO DE 3 SEGUNDOS?
POR QUE OBRIGA O CÃO A OPTAR PELA FALSA CAÇA OU PELA CAÇA VERDADEIRA, E O CÃO SERÁ APROVADO SE FIZER A ESCOLHA CORRETA.A PROVA PERMITE ISSO PELO FATO DE UMA EXIGÊNCIA MÁXIMA DE BASTÃO FAZER AUMENTAR A INTENSIDADE DE DEFESA AO PONTO DO PARADRIVE DE OBEDIÊNCIA SER INÚTIL PARA CONTÊ-LA, BEM COMO DE PREJUDICAR A "RACIONALIDADE" DO ATAQUE.EM OUTRAS PROVAS DE DB OU QUAISQUER OUTRAS PROVAS DE RING, ETC., TAL NÍVEL DE BASTÃO NÃO É USADO, POR ISSO NÃO É PERMITIDO TAL TIPO DE FACILITAÇÃO.O QUE VALE, NO ENTANTO, É QUE O CÃO FAZ A ESCOLHA CERTA, ESTANDO, POIS, COM O FOCO CORRETO.
RESPOSTAS
0051 EM DIANTE
Perguntas:Enumere a primeira com a segunda (dê a resposta mais certa - pode haver mais de uma viável, mas dê a que é mais característica):
R - rapina
D - defesa resoluta
L - luta
PF - pré-fuga
S - submissão
NRA - nenhum resposta acima
0051: morder com os incisivos
O cão morder só com os incisivos é defesa. Mas, defesa em nível de pré-fuga. Portanto, errou quem disse defesa, pois o item pedia a resposta mais exata, mais proxima. Se existe uma resposta "pré-fuga", ela é a mais certa.
0052: rosnar
Exatamente a mesma coisa. A resposta certa é pré-fuga.
0053: abanar a cauda durante um ataque
Essa é rapina. Não há nem o que discutir.
0054: abaixar-se antes do ataque (abaixar-se e atacar)
Poxa, essa é a característica principal do ataque pantera. Rapina pura em alto nível e em alta intensidade.
0055: abaixar-se e não atacar mesmo tendo possibilidade
Se não atacou podendo atacar, não é rapina muito menos pantera. Tampouco é defesa, o cão não está se defendendo. É submissão. No pantera, o cão se abaixa justamente para esconder sua intenção.
0056: abaixar a cauda com a guia esticada querendo atacar e depois atacar firme
Rapina. O cão baixa a cauda por contrariedade da guia o segurar. Pode ser luta, pode. Mas, rapina é a resposta mais certa, pois pode não ser luta também (não se esqueçam que luta incorpora rapina e defesa). Se fosse pré-fuga, não haveria o posterior ataque firme como está citado no enunciado.
0057: abaixar a cauda com a guia solta e atacar sem firmeza
Aí, está a diferença: "atacar sem firmeza" após ser solto. Isso é pré-fuga. A cauda baixa, neste caso, não indica contrariedade, mas medo.
0058: abaixar a cauda e não atacar, mesmo tendo possibilidade
Olha a diferença "e não atacar". Isso nem é defesa, nem pré-fuga. Isso é submissão.
0059: sacodir a mordida com vigorDefesa resoluta = luta.Pode estar em defesa resoluta? Pode. Mas, luta é a resposta mais certa.
0060: trocar pegadas com mordidas vigorosas
Luta. A mordida para prender a presa é característica da caça. O cão não a quer perder. No entanto, quando o cão luta, mais do que isso ele quer ferir o adversário. Que não é mais uma presa, mais um inimigo. Daí, a palavra luta. O cão sente seu inimigo poderoso e sabe que este não deverá fugir, mas lutar até a morte, mas mesmo assim não o teme.
0061: pegar firme com boca cheia
Lendo a explicação na resposta anterior, fácil concluir que é RAPINA.
0062: arrepiar bem o pêlo
O cão quer se mostrar grandão, maior, quer assustar ==> PRÉ-FUGA.
0063: virar de barriga para cima
SUBMISSÃO. Nem há o que comentar.
0064: andar lentamente e abaixado fitando o adversário
Pantera. E pantera é RAPINA.
0065: colocar as orelhas para trás e atacar
Orelhas para trás = medo ou submissão. Submissão não inclui ataque. Medo com ataque é PRÉ-FUGA. Notem pré-fuga é um nível de defesa. Mas a opção D era defesa resoluta.
0066: colocar as orelhas para trás e não atacar
Aí, temos medo sem ataque e sem fuga => SUBMISSÃO.
0067: latir agudamente antes de um ataque lançado de longa distância
Latir agudamente é sinal de raiva incontida ou também de desespero por não lhe permitirem o ataque. Raiva incontida está inclusa na defesa, mas ataque a longa distância só ocorre na rapina. Aí, a resposta exige perspicácia => RAPINA.
0068: latido gutural antes de um ataque
Latido grave significa mimetizar ser maior, ser grandão. A intenção é assustar. Se falamos "antes do ataque", significa que o cão atacou com medo, mas atacou => PRÉ-FUGA.
0069: evitar o olhar do adversário
Isso não ocorre senão na submissão ou na fuga. Como não havia o item fuga, a resposta é SUBMISSÃO.
0070: morder fortemente com a mordida mais baseada nos caninos
Morder fortemente elimina a pré-fuga. Esta, inclusive, tem a mordida mais baseada nos incisivos.A mordida típica da rapina é com a boca cheia. Firme, mas com a boca cheia.A mordida firme e com os caninos é típica da luta ou da defesa resoluta. A resposta mais certa seria LUTA, pois a defesa resoluta leva à luta, mas nem toda a luta tem como base a defesa resoluta. Mas, plasticamente é igual. Por isso, aceitei a resposta DEFESA.

Leia Mais…

Defesa e Fuga

DEFESA E FUGA
Quanta confusão é feita, mesmo no meio profissional, em relação do que chamamos de drive de defesa. Às vezes, vemos alguém dizer: "Olha o cão está demonstrando defesa", em uma situação em que o cão está prestes a fugir, ou seja, não na defesa propriamente dita, mas na pré-fuga. Isso ocorre, pois o cão antes de fugir tenta fazer com que o adversário fuja, como um homem que fala grosso demais.Alguns sinais são claros: Pêlos eriçados: o cão procura assim aumentar sua silhueta, parecendo maior para espantar o inimigo (sinal geral de defesa). Recomendação: manter ou moderar o treinamento e observar evolução. Simular fugas do figurante.As pupilas se dilatam para aumentar a claridade sobre a retina e também para aumentar o campo visual. Isto porque a atenção do cão está mais dirigida à vigilância do que à tenacidade. Vigilância alta é característica das presas e de quem precisa fugir. Por isso, os herbívoros têm olhos do lado da cabeça para aumentar o campo visual e a vigilância. Tenacidade é característica de quem quer atacar. Por isso, os predadores têm olhos na frente da cabeça para terem melhor noção de profundidade e se concentrarem melhor no ataque (a atenção pode ser desviada tanto para a vigilância quanto para a tenacidade). Sinal geral de defesa. Recomendação: moderar o treinamento e observar evolução. Simular fugas do figurante.Rosnar: o cão procura mostrar agressividade e mais intimidar do que querer atacar. Sinal de defesa insegura. Não necessariamente de pré-fuga. Recomendação: diminuir o grau de provocação. Simular fugas do figurante.Latir mais grosso que de costume: o cão procura mimetizar um cão maior, de latido mais grave. Sinal de defesa insegura. Não necessariamente de pré-fuga. Recomendação: diminuir o grau de provocação. Simular fugas do figurante.
Cauda baixa: a cauda baixa visa proteger os genitais. É uma característica típica de pré-fuga. Recomendação: quase zerar o grau de provocação. Simular fugas do figurante. Conforme reação, aguardar o cão amadurecer ou se recuperar de trauma.Em verdade, a defesa ostensiva indica que o cão está demonstrando um prenúncio de fuga. Está tentando dar uma última cartada para tentar "sair por cima", tentando assustar mais o adversário do que este o assusta. Se não conseguir, irá fugir. Não é questão de "se", mas de "quando".Mas, a situação acima não pode ser confundida com a situação de o cão ter um alto drive de defesa. Os sinais expostos anteriormente não são sinais de alto drive de defesa, mas sinais de um prenúncio para uma fuga ou, no mínimo, de haver a probabilidade próxima de uma fuga. Pior, que é comum ouvir pessoas da área dizerem que um cão que eriça o pêlo durante um ataque, que rosna, que dilata as pupilas, que baixa a cauda tem alto drive de defesa.Por isso, não deve ser confundido sinais de uma defesa que antecedem ou não a uma fuga com alto drive de defesa. Um cão com alto drive de defesa não irá demonstrar nada disso, No máximo, apenas pêlos um pouco eriçados e pupilas um pouco mais dilatadas. Muito pelo contrário. Irá atacar firmemente, como uma leoa que defende sua prole.Quem viu os bons cães de guarda de outrora, mastins, filas, rottweilers lembrará que tais cães atacavam firmemente. Algumas dessas raças ainda atacam firmemente na maioria de seus exemplares. Essas raças se impulsionavam e se impulsionam por um alto drive de defesa e têm, via de regra, baixo drive de rapina. Será que alguém imagina que esses cães atacavam por medo? Quem os viu sabe muito bem que medo era a última coisa que eles sentiam. Eram cães de ataque firme, quase sempre demonstrando ódio, mas nunca medo.
É provável que um cão que dá sinais ostensivos de defesa durante um ataque sente uma boa dose de medo. Mas, isso não significa alto drive de defesa, mas baixos drives, tanto de defesa quanto de rapina e medo. Pois, quando há um drive alto de defesa ou um alto drive de caça em nível de fair fight, o cão não sente medo.Sinais de submissão e medo (nestas situações, devemos esperar o cão amadurecer ou se recompor de algum trauma - jamais devemos forçar o treinamento de proteção, mesmo em nível mais baixo):Evitar olhar nos olhos do adversário ou até para o adversário: tentativa de ficar indiferente à situação. Medo e pré-fuga.Abaixar-se totalmente ao solo: medo ou submissão.Deitar de barriga para cima: submissão.Lamber: submissão.
* Abaixar-se totalmente ao solo: medo ou submissão.
Por favor, não confundam isso com ataque pantera.
Fonte: Pedro Dantas

Leia Mais…

CURSO DE ARBITROS DE TEMPERAMENTO - Prova I e II

INICIO DIA 14/04/2009

LEMBRAMOS QUE AQUELES QUE NÃO TÊM DOGUES BRASILEIROS PODEM PARTICIPAR, MAS SÓ PODERÃO JULGAR CÃES DA RAÇA APÓS SEREM PROPRIETÁRIOS.

Perguntas:

PERGUNTA 0001
O que significa um cão ficar com a cauda baixa antes de ataque, enquanto contido na guia?
PERGUNTA 0002
O que significa um cão atacar, em ataque lançado, lentamente e com a cauda paralela ao solo?
PERGUNTA 0003
O que significa um cão ficar de cauda baixa, rosnar durante uma provocação importante do figurante?

Vídeo http://www.youtube.com/watch?v=F_p0_Bm9huo
PERGUNTA 0004: A CADELA ESTAVA EM CAÇA OU EM DEFESA?.
PERGUNTA 0005: CITE DOIS MOTIVOS PARA EXPLICAR A RESPOSTA ACIMA..
A CADELA ERA NOVA E INEXPERIENTE, MAS RESPONDA:
.0006: ELA FOI BEM ATÉ ONDE ESTAVA O FIGURANTE E POR QUE?
.0007: POR QUE VOCÊ ACHA QUE ELA NÃO MORDEU BEM DE INÍCIO?
.0008: POR QUE ELA SOLTOU? (olhe bem o vídeo, veja detalhes)

Vídeo http://www.youtube.com/watch?v=nkWhg0mLBq0
COM BASE NO VÍDEO ACIMA:
.0009: VOCÊ APROVARIA ESSA CADELA EM RELAÇÃO À FORMA COMO ELA SE DIRIGE AO FIGURANTE E POR QUE? (sem explicar muito).
0010: E EM RELAÇÃO À MORDIDA E POR QUE? (idem).
0011: E EM RELAÇÃO AO TEMPO DE SOLTAR A MANGA E POR QUE? (idem).
0012: E QUANTO À FORMA DE COMO ELA SOLTOU A MANGA. VOCÊ ACHA VÁLIDO E POR QUE? (agora, cabe explicar direitinho)

PERGUNTA 0013
E NO ÚLTIMO VÍDEO, A CADELA SERIA APROVADA QUANTO AOS TOQUES DE BASTÃO?

Vídeo 003 http://www.youtube.com/watch?v=RtO1gL-qfNc
Sobre o vídeo 003
PERGUNTA 0014: o cão suportou bem as varadas para passar na prova? Por quê (sobre quantidade e vigor)?
PERGUNTA 0015: a mordida foi satisfatória para esse mesmo mister? Por quê?
PERGUNTA 0016: o cão soltou a manga em tempo hábil? Por quê (qual o tempo mínimo?)?PERGUNTA 0017: o cão deveria ser aprovado e receber o Título?PERGUTNA 0018: o cão nasceu em 19/03/2208, e a prova foi sábado passado. Em caso dele ser aprovado, e pela prova que vocês viram, qual o título que deveria receber?

Vídeo 004 http://www.youtube.com/watch?v=LCCoa3NTbbk
Sobre o vídeo 004
PERGUNTA 0018: o cão suportou bem as varadas para passar na prova? Por quê (sobre quantidade e vigor)?
PERGUNTA 0019: a mordida foi satisfatória para esse mesmo mister? Por quê?
PERGUNTA 0020: o cão soltou a manga em tempo hábil? Por quê (qual o tempo mínimo?)?PERGUNTA 0021: o cão deveria ser aprovado e receber o Título?
PERGUNTA 0022: afinal, é um cão ou uma cadela (esta todo mundo tem que acertar)?

Comparem os vídeos 003 e 004 no que tange às formas de soltar e respondam:
PERGUNTA 0023: explique o por quê (esta é a pergunta mais importante).
PERGUNTA 0024: Qual a diferença entre um bom drive de defesa e a defesa beirando à fuga?
PERGUNTA 0025: Qual a diferença entre um cão que se abaixa em um ataque pantera e um cão que se abaixa por submissão (fale dos outros sinais que nos levarão à conclusão e o por quê de um e o por quê do outro abaixamento)?

Mas, temos aprovados cães que só realizam as 3 varadas com 100% da potência. Pode parecer paradoxal, mas é mais difícil o cão suportar diretamente essas 3 varadas.
PERGUNTA 0026: EXPLIQUE O POR QUE DO ESCRITO ACIMA.

SOBRE O VÍDEO 005

PERGUNTA 0027:QUAL DOS CÃES DEMONSTROU MAIOR DRIVE DE DEFESA NO ATAQUE, O BRANCO OU O MALHADO?

PERGUNTA 0028: JUSTIFIQUE. ATRAVÉS DOS SINAIS QUE PODEM SER OBSERVADOS NO VÍDEO, SUA RESPOSTA.

PERGUNTA 0029:A DEFESA DEMONSTRADA PELO CÃO QUE MOSTROU MAIOR DRIVE DE DEFESA É UMA DEFESA BEIRANDO A FUGA? ESSE CÃO DÁ INDÍCIOS, QUE COM O AUMENTO DA PRESSÃO, VIRIA A FUGIR?

PERGUNTA 0030:COMO SE VERIAM TAIS SINAIS? QUAIS SÃO TAIS SINAIS?

SOBRE VÍDEO 006
PERGUNTA 0031:O TÍTULO DO VÍDEO 006 É: "DA FALSA CAÇA À CAÇA VERDADEIRA". QUAL O SIGNIFICADO DESTE TÍTULO? PROCURE JUSTIFICAR COM O QUE É VISTO NO REFERIDO VÍDEO.

PERGUNTA 0032:QUAL O SENTIDO DE FICARMOS BATENDO GALÕES REPLETOS DE BRITA NA PROXIMIDADE DO FILHOTE ENQUANTO ELE MORDE A LINGÜIÇA?

RETORNANDO AO VÍDEO 005
PERGUNTA 0033:O CÃO MALHADO ESTAVA:
A) EM DEFESA;
B) EM CAÇA;
C) EM CAÇA ELEVADA;
D) EM LUTA;
E) TODAS AS RESPOSTAS ESTÃO CORRETAS.PERGUNTA 0034:JUSTIFIQUE A PERGUNTA ANTERIOR.FONTE DE PESQUISA: http://www.doguebrasileiro.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=20&Itemid=2&limit=1&limitstart=0

PERGUNTA 0035: O QUE É DRIVE DE CAÇA?

PERGUNTA 0036: O QUE É DRIVE DE RAPINA?

PERGUNTA 0037: O QUE É DRIVE DE DEFESA?

PERGUNTA 0038: O QUE É DEFESA BEIRANDO A FUGA?

PERGUNTA 0039: O QUE É, SEGUNDO FRAWLEY, DRIVE DE LUTA?

PERGUNTA 0040: UM ALTO DRIVE DE DEFESA É DESEJÁVEL EM UM CÃO E POR QUE?FONTE ADICIONAL DE CONSULTA: http://www.doguebrasileiro.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=46&Itemid=2OBS: NÃO HÁ PROBLEMA EM CONSULTAR O COLEGA. MAS, PROCUREM USAR PALAVRAS PRÓPRIAS.

vídeo 7 - http://www.youtube.com/watch?v=nC3YOOwXM3I
PERGUNTA 0041: REFERENTE AO VÍDEO ACIMA, O CÃO MACHO ESTAVA EM QUAL ATITUDE (LUTA, PRE-FUGA, DEFESA OU RAPINA)?

PERGUNTA 0042: VALE A MESMA PERGUNTA PARA A CADELA.

PERGUNTA 0043: OS CÃES PASSARAM NA PROVA. ISSO É UM DADO. MAS, VOCÊ ACHA QUE ELES PASSARAM COM FOLGA OU DARIA ALGUM SENÃO (E QUAL? TEMPO, POSTURA, ETC.)?

PERGUNTA 0044: OBEDIÊNCIA NÃO É UM DRIVE, POIS NÃO ADVÉM DE UM IMPULSO BÁSICO. PODERIA A OBEDIÊNCIA SER CONSIDERADA UM PARADRIVE? JUSTIFIQUE.

PERGUNTA 0045: QUAIS SÃO OS NÍVEIS DO DRIVE DE RAPINA? EXPLIQUE CADA UM DELES.

PERGUNTA 0046: O QUE, AFINAL, SIGNIFICA NÍVEIS DE UM DRIVE?

PERGUNTA 0047: O QUE SIGNIFICA INTENSIDADE DE UM DRIVE?

PERGUNTA 0048: UM CÃO PODE TER INTENSIDADES DIFERENTES EM NÍVEIS DIFERENTES DE UM DETERMINADO DRIVE? EXEMPLIFIQUE.

RING BRASIL
VEJAM SOBRE RING BRASIL: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=42563954&tid=2570807538944459271SERÁ A PRÓXIMA PERGUNTA. SEM TAL LEITURA, IMPOSSÍVEL RESPONDER

vídeo 8 - http://www.youtube.com/watch?v=HofebX9CIOA

PERGUNTA 0049: SE ESSE VÍDEO FOSSE REFERENTE À ETAPA V DE RING BRASIL, QUANTOS PONTOS VOCÊ DARIA PARA O CÃO NESSA ETAPA? EXPLIQUE SUA PONTUAÇÃO

SOBRRE A PERGUNTA ANTERIOR, CONSIDERE COMO FALTAS APENAS AS QUE PODEM SER NOTADAS. NÃO VALEM RESPOSTAS COMO: "NÃO POSSO AVALIAR, POIS DESCONHEÇO AS REGRAS ESPECÍFICAS, ETC.".

PERGUNTA 0050: POR QUE A PROVA *A* CONSIDERA VÁLIDO O ARTIFÍCIO DO CONDUTOR PISAR NA MANGA DO CÃO PARA QUE ELE NÃO ESTOURE O TEMPO DE 3 SEGUNDOS?

Perguntas:
Enumere a primeira com a segunda
(dê a resposta mais certa - pode haver mais de uma viável, mas dê a que é mais característica):

R - rapina
D - defesa resoluta
L - luta
PF - pré-fuga
S - submissão
NRA - nenhum resposta acima

0051: morder com os incisivos;
0052: rosnar
0053: abanar a cauda durante um ataque
0054: abaixar-se antes do ataque (abaixar-se e atacar)
0055: abaixar-se e não atacar mesmo tendo possibilidade
0056: abaxiar a cauda com a guia esticada querendo atacar e depois atacar firme
0057: abaixar a cauda com a guia solta e atacar sem firmeza
0058: abaixar a cauda e não atacar, mesmo tendo possibilidade
0059: sacodir a mordida com vigor
0060: trocar pegadas com mordidas vigorosas
0061: pegar firme com boca cheia
0062: arrepiar bem o pêlo
0063: virar de barriga para cima
0064: andar lentamente e abaixado fitando o adversário
0065: colocar as orelhas para trás e atacar
0066: colocar as orelhas para trás e não atacar
0067: latir agudamente antes de um ataque lançado de longa distância
0068: latido gutural antes de um ataque
0069: evitar o olhar do adversário
0070: morder fortemente com a mordida mais baseada nos caninos

* Todas as perguntas têm respostas. Dê a mais certa.

Leia Mais…

Novo cão com Título *M*

Güapo da Bruma Negra

em 21/04/2009


Güapo da Bruma Negra *AM* - BB-01193 realiza prova *M* com sucesso. Coparticipante Éric III de Tasgard *AeMX* - BB-01643.Importante saber que esses dois machos nunca tinham se visto anteriormente e se focaram no figurante sem demonstrar qualquer hostilidade entre eles. - BB-01193 realiza prova *M* com sucesso. Coparticipante Éric III de Tasgard *AeMX* - BB-01643.Importante saber que esses dois machos nunca tinham se visto anteriormente e se focaram no figurante sem demonstrar qualquer hostilidade entre eles.


http://www.youtube.com/watch?v=UexkeQa-8E4

Leia Mais…

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Novo Cão com Título de Estética

Urka de Tasgard *aMXE*


Média Geral: 116
Proprietário: Canil Tasgard

Leia Mais…